Sunday, December 20, 2009

O dia seguinte

Não me canso de postar porque é muito lindo ver meu neném se enterrando na neve! E ajudando a mamãe a limpar!



Amo?


O Gabe não é a cara da mamãe dele?!!!

Saturday, December 19, 2009

Boneco de neve





Tem um pequeno que vê neve e corre pra por a bota!!! Essas fotos de cima são de algumas semanas atrás quando nevou um pouco. As de baixo são desse fim de semana!!! Não deu nem pra sair de casa!!


video

Wednesday, November 11, 2009

Halloween

E no meio dessa loucura toda consegui levar o Gabe pra fazer "trick or treat", e consegui ir a 2 festas, sendo que uma delas fui graças as melhores babas que ja olharam o Gabe: Tio Fe, mais conhecido como "pradrinho" e JR., mais conhecido por aqui como "Tio Juno".
Meu marido autorizou que eu postasse as fotos dele (MILAGRE!!)




Confesso que prefiro beijar um nerd que mulher, afffe!!!!
Gabe tava a coisinha mais linda que ja se viu!!!

Friday, October 23, 2009

Olha eu aqui!

Se alguém ainda vem aqui pra ver se tem alguma novidade, vim dar sinal de vida.
A faculdade não tem me deixado viver. É algo difícil de explicar. Eu era feliz e não sabia!! Eu to até gostando, mas realmente é pauleira. Não é difícil, só é muito. MUITA coisa pra fazer e ler.
Estou no que eles chamam de mid-term (metade do semestre) e as notas estão boas, graças a Deus!
O Gabe virou criança, não é mais meu bebê. O pai levou pra cortar cabelo e ele voltou um rapaz. Magoei demais, gostava do meu cabelinho escorrido caindo no olho, coisinha mais bebê da mamãe.
Videozinho então pra quem tava com saudade do meu amor:

video

Wednesday, August 19, 2009

Sumi

Desapareci.
Coisa mais chatinha e repetitiva é falar que ando muito ocupada... Ninguém quer saber disso.

Bem, mamãe, Jane, Vi e Pepeco vieram no meio de julho/início de agosto. Nem preciso falar que quem que quer sentar e escrever quando tenho visitas ilustres como estas?
Amei, já estou morrendo de saudade, chorei só 1 dia e meio quando mamãe foi embora(geralmente são 3) e já estamos esperando as próximas visitas!
Gabe soltou o português. Muito fofo, mistura tudo, mas ele sabe direitinho quem fala o quê. Com daddy é só inglês, como vovó é só português e com mamãe pode tudo! Cada hora sai uma coisa. E com dindinha também, mas ele sabe que ela gosta que ele fale português, então ele se esforça.
A maior das felicidades, tirando o fato de mamãe, Pepeco, Jane e Vi terem vindo, foi o fato dele ter saído (de dia) das fraldas. Quem diria????
Mamãe chegou aqui convencida de que era moleza minha (não falou né mãe, mas eu sei!), que ele iria rapidinho pra privadinha e que iria seguir os passos do Pepeco. Hã! Lêdo engano!!!
No dia que ela tentou deixar ele de cueca (eu estava trabalhando) fiquei sabendo que rolou bolinhas fedorentas pela sala!! Deixa o Kurt saber! Hahahahahaha
Então foi no final de semana antes da mamãe ir embora e minha última semana de férias que eu decidi: chega! Ou vai ou.... vai! E foi!! Quando ele acordou no sábado de manhã eu disse: "não tem mais fralda, acabou, chega!" E ele: "mas eu to vendo as fraldas ali mamãe". E eu disse: "mas vc não vai usá-las mais".
Tasquei a cueca e rezei! Ele pediu pra por a fralda várias vezes, mas eu não cedi. Foi indo super bem com o xixi, meu medo era o cocô. Saí com mamãe e Kurt me ligou só pra dizer que FINALMENTE ele cagou, cagou no vaso!!! Gente, é muita emoção!! Só entende quem é mãe de menino fugidor de vasos! Segundo o Kurt ele pediu pra por a fralda e Kurt logo sacou o por que. Não pos e o levou pro banheiro. Ponto pro daddy!!!!
Desde então, claro que tivemos vários acidentes, mas ele está me saindo melhor que a encomenda. Até a soneca durante o dia é sem fralda.
Sei que tirar a fralda a noite vai ser outro dilema, mas não vou me preocupar com isso agora.
E enquanto isso tô aqui, comprando livros e mais livros e esperando segunda-feira chegar. As aulas vão começar... O medo é grande, porque o terrorismo que fazem pra esse curso eu nunca ouvi nem pra cursos da Harvard!!! Mas eu dou conta, aliás vou TER que dar conta!!
Cruzem os dedos e rezem por mim!!!! Não sei quando irei ter tempo de voltar aqui, mas vou tentando colocar as novis, pelo menos do Gabe, em dia de vez em quando.

Sunday, June 21, 2009

Fotos

A preguiça tem falado mais alto esses dias. Eu e Jana tivemos o teste na terça-feira e graças a Deus ficamos livre. Agora é curtir o verão e esperar agosto=mudanças chegar.
Fim de semana passado meu amado irmão esteve aqui conosco e eu AMEI.
Fotenha:

A gente tava indo pro brunch pra comemorar o aniversário da Kristin adiantado. O engraçado é que ano passado ele tava aqui também!!!! Filador de bóia!

E umas fotenhas lindas do meu filhote também pra quem tá com saudade!


Tuesday, June 9, 2009

Crise

To parando de trabalhar em agosto. Vou ficar uma pessoinha pobre, sem dinheiro pra nadinha extra por uns 2 anos (faculdade). Não sei como vou aguentar.
Apesar de ser uma pessoa pão-dura, faço minhas comprinhas de coisas pra mim, moá, myself quase toda semana. Coisas que vão de um esmalte até roupas, bolsas e sapatos (nada caro, sou mão-de-vaca). Porém, meus dias estão contados.
E era pra eu já ter parado de comprar desde que decidi fazer facul, mas quem disse que Becky Bloom consegue? A teoria justificativa que invento pra mim mesma é a de que PRECISO estocar para os tempos de vacas magras.
O pior de tudo é que o meu corpo não está em sintonia com a minha mente e conta bancária. Sou uma pessoa alérgica desde que nasci, mas as alergias vão mutando com o tempo. Cada época é uma coisa diferente (a respiratória é permanente!). Quando eu era pequena era chocolate. Tadinha de mim, tinha as pernas cheias de perebas (meus irmãos faziam questão de falar a respeito). Então minha mãe evitava o chocolate, não cortava senão eu não sobreviveria!!!!
Depois eu desenvolvi a alergia a brincos. Até hoje só uso brinco pra sair e olhe lá. De ouro eu não pago, então fico sem.
Tem alguns produtos também que empolam a minha pele e eu nunca procurei saber o ingrediente causador. Somente paro ou evito de usar, dependendo do que for. O Kurt me deu um perfume DELICIOSO da Prada, mas se eu jogo aquele troço no pescoço, empola em 2 minutos e coça que nem cachorro sarnento (ooopssss, sarnento, sorrento!).
O meu rímel de todo dia tem que ser nada mais nada menos que um Dior. Pode????? Eu amei com força o novo rímel da Loreal, o Telescopic, (pelo menos umas 15 doletas mais barato), mas coça demais e não dou conta de usar.
Acho que a solução vai ser eu esquecer de tentar me embelezar nesses 2 anos. Não vou ao mall, não vou ler revistas e nem blogs pra tentar correr da tentação!
Tadinha de mim... Becky Bloom, sai do meu corpo!!!

Wednesday, June 3, 2009

Bléeee

Eu tô meio angustiada esses últimos dias, sem dormir direito.
Graças a Deus o Gabe tá ótimo depois da pequena cirurgia que teve (colocou tubos nos ouvidos e tirou a adenóide). Cada dia fala mais coordenado e me surpreende com alguma coisa diferente.
O que tem me tirado o sono é esse acidente do avião francês e o fato de que esse caso do David Goldman não se resolve (acho que não preciso contar tudo, todo mundo sabe o que aconteceu).
Morro de dó desse pai e fico me perguntando quando é que ele vai poder finalmente ter paz.
Essa noite eu acordei com a chuva de raios (odeio, morro de medo) e claro que não consegui dormir de novo por um bom tempo. Detesto o silêncio da madrugada, ainda mais quando ele é interrompido com o estrondo dos raios....

Thursday, May 28, 2009

Comparando

Essa eu que fiz. Não vou falar que ficou perfeito, mas com a prática estou ficando bem melhor. E com a vantagem de pagar zero doletas. Essa foto eu tirei hoje, QUINTO dia com o esmalte. Quis postar só pra comparar com o trabalho porco e mal feito que me custou os ói da cara!
Moral da história que só se aplica aqui aos EUA: quer bem feito, faça vc mesma!

Cabeça de mendiga

É com muita vergonha que vou admitir isso. Todo lugar que vou que tem comida free, eu como. É uma compulsão que não consigo largar. Em tempos de regime, tento ser uma pessoa pheena, mas está fora do meu controle. Análise resolve???
Então, ontem ganhamos ingresso e fomos intimados a ir num jogo de baseball. Acontece que dessa vez era pro camarote, com direito a comidas e bebidas a vontade. Medaaaaaaaaaaa. Sabia que eu ia querer me jogar. Como tenho as idéias pheeenas, comi um leve sanduíche ao sair de casa pra ver se eu olhava pra comida e dizia "não", caguei pra você com força e não vou te comer.
Quem disse?
Cheguei lá e me joguei no hot dog. E quando eu vi aqueles cookies do tamanho extra GG? Me joguei no de chocolate. Gente, eu não consigo! Queria tanto ser aquelas mulheres altas, magras e finérrimas (em todos os sentidos) que olham praquilo e desprezam... Daquelas que pega o alface que tá ali pra ser colocado no hambúrguer e é a única coisa que as apetece...
Não entendo de onde isso vem. Juro que não cresci passando fome. Tá certo que somos quatro filhos e tínhamos sempre que pensar se o outro já comeu ao invés de devorar tudo que tava na mesa, mas lá em casa nunca teve sorteio de bife nem nada.
Tô tentando me curar. Sugestões?

Sunday, May 24, 2009

O preço da fiúra

Deixa eu contar a história do início.
Logo depois que tive o Gabe, Kurt me deu um cartão-presente pra um dos salões mais chiques daqui, o "Viságe á visage". O cartão era de uma quantia que deu pra fazer um pacote que incluia massagem, almoço com vinho (se eu assim o quisesse), manicure e pedicure. Depois de muito tempo que ele me deu o tal, resolvi ir. Foi num sábado, ele ficou com o Gabe e eu fui cuidar de moá, porque a vida de recém escrava não tava fácil. Aliás, se algum homem lê esse blog (alou Fê), ficadica! Amei a massagem. A mulher era bem natureba e bem bacana. Gostei tanto que na saída comprei um cartão pro Kurt, pro dia dos namorados, com a quantia de $85. Na época (2 anos atrás), dava pra ele fazer uma massagem, cortar o cabelo, dar a gorjeta e sair de lá zen e saltitante.
Acontece que o ingrato nunca foi. Volta e meia eu via aquele cartão jogado dentro da gaveta e pensava no dinheiro mal gasto. Só pra esclarecer, ele adorou o presente, pelo menos a idéia. Mas homem não pega o telefone pra ligar pra salão e marcar massagem e corte de cabelo. Pelo menos o meu não.
Então semana passada olhei pro presente e resolvi que iria usá-lo eu mesma. Tenho feito minha unha eu mesma e devo confessar que tenho ficado melhor a cada semana. Mas como tinha o bendito cartão + preguiça + festa no sábado passado, resolvi dar mais uma chance pros salões daqui.
Marquei e fui. Pé e mão. Sabia que seria caro, mas claro que $85 iria dar e ainda sobrar (quem sabe uma depilaçãozinha?!).
A menina que veio me receber era novinha, estilosa e americana. Fiquei já meio pasma porque por aqui as mulheres que fazem unhas são geralmente vietnamitas.
Vou mostrar a fotenha que tirei assim que saí do recinto.



Não é tal mal assim, né? Olha essa então (se não der pra ver direito, clica na foto)

Esclarecendo: nessa foto eu ja havia SAÍDO do recinto. Gente, a elementa não tinha a MÍNIMA idéia do que tava fazendo. Primeiro que ela tremia a mão toda, como quem tava cagando de medo. Aí ela me vem tirar a cutícula e "catuca" um tiquin no meio e nem toca dos lados. Na segunda mão, ela "catuca" 3 dedos e se dá por satisfeita! Para no terceiro MESMO, como se os outros dois estivessem já nascido prontos. O trabalho de manicure deles é estrategicamente chamado de "aromatherapy manicure". Peguei essa descrição do site deles:

"Visage Aromatherapy Manicure (45 minutes)
A manicure to invigorate not only the muscles and appearance of the hands, but also the senses!! Choose from an array of aromatherapy scents and drift away!
a$22.00" TRADUZINDO: a gente cobra meros 22 doletas pra passar um creme de limão na mão da trouxa que é exfoliante e basicamente ranca seu couro de tão caro. Mas a mão mesmo a gente nem faz direito não porque...hummmm..... bobági, né?! Quem que liga?
Pedicure:
"Visage Pedicure (45 minutes)
Sit in one of our luxurious pedicure thrones while your feet are massaged, buffed, clipped, pampered, and polished
$35.00"
TRADUZINDO: vem pra cá trouxa que a gente ranca seu dinheiro. Vc senta numa cadeirona de couro que faz uma massagem péssima e passa uns produto no seu pé pra fingir que é bacana.

Quem fez a conta??????????? $57, repito $57 doletas pelo serviço sujo. Eu dei meu cartão de $85 e disse: "póficá com o troco". Naquele salão eu nunca mais ponho meus pézinhos. É muita finésse pra jeca tatu aqui, no thanks!

Detalhe importante: no dia seguinte o meu esmalte da mão já estava todo descascado!

Thursday, May 21, 2009

Acontecimentos

Semana passada a correria foi por conta da festa da policia que eu estava ajudando a organizar. Afffffeeeeeeee que organizar festa não é fácil não! Me matei de trabalhar! Muito mais que meu trabalho do dia-a-dia!

A festa foi bacana, comida boa mas correria pra ter certeza que tudo estava saindo direitinho. Tadinho do meu marido, ficou metade da noite jogado as traças, só socializando!Antes de sair de casa que foi o problema maior. Cismei que sou maquiadora (manicura e proprietária de salão de beleza) , cabelereira e depois de várias tentativas resolvi que não dou meu dinheiro pra esses salões péssimos daqui. Comecei a me arrumar umas 2 horas e meia antes do evento (tartaruga). Fui fazer o cabelo primeiro e a idéia era de fazer cachos e pronto. Depois de 1 hora de trabalho árduo e muito spray eu tava parecendo o bozo. E pior, sem ter como ajeitar porque o cabelo tava duro que nem pau de tarado (sorry pela expressão, mas é a mais pura verdade)! E aí, o que fazer? Entrei debaixo do chuveiro e lavei tudinovo. Acabei refazendo alguns cachos e prendendo pro lado (tá na moda! Hehehehe) Mas e a mancha que eu tô nas costas??? Um negócio que surgiu do além e tem sumido pro além também, mas ainda tá lá. Uma coisa cinza, pele de mendiga! Taquei meu chale poderoso nas costas e todo mundo deve ter ficado se perguntando porque que eu não tirava aquilo por nada nesse mundo... Bom, tá aí o resultado na fotenha. Só não tem jeito com os "cabelin" na testa, nasci assim, vou morrer assim (que dó!).

Essa semana nada de festa e sim muito estudo e aprendizado de coisas velhas e coisas novas. Ontem foi o curso de primeiros socorros. Eu e Jana ficamos nos perguntando quando é que a gente ia ter coragem de fazer aquilo tudo numa pessoa de verdade. Ai ai ai, que meda. E nem tô falando de respiração boca a boca não, porque isso eu não faço nunquinha em ninguém que eu não conheça, tô falando é de ficar bombeando o peito de alguém estirado quase morto no chão. Ui! I guess I'll have to!

Tem um post de belezura (ou seria fiúra?) que to planejando mas não to tendo tempo! Vou tentar postar essa semana!

Friday, May 15, 2009

Fofoqueiro e loroteiro!

A nova agora do Gabe é entregar o que a gente faz. Acho que começou semana passada com o Kurt.
"-Mommy, daddy yelled at me!" (mamãe, papai gritou comigo).
Virou regra. Toda vez que um de nós faz alguma coisa, ele conta pro outro.
E deu pra inventar também.
Ontem ele voltou da escola com uma marca roxa no queixo, típico de quem caiu de queixo no chão. Eu fiquei p*$@ da vida porque foi na escola e ninguém me falou nada. Odeio ter que tentar advinhar o que aconteceu.
Então estava ele lá tomando banho com o pai dele e eu entro no banheiro.
"- Mommy, daddy splashed me!" (mamãe, papai jogou água em mim).
Kurt e ele estavam "brigando", meus dois nenéns.
Aí eu pergunto pra ele o que aconteceu, porque ele tinha aquele "boboo" no queixo.
E ele:
"- Becaaaaauuuuuse, daddy splashed me!"

Tuesday, May 12, 2009

Rapidinhas de quem está na correria

- Logo depois que escrevi o post sobre o Gabe falando português, tive a maior das surpresas. Estávamos escutando um CD que a Tia Má deu pra gente no meu carro, do Nando Reis e quando olho pra trás tava lá o Gabe, todo descontraído CANTANDO. Eu quase parei o carro pra apertar ele todo, coisa mais gostosa da mamãe! Tá vendo Padrinho como a terapia da música funciona mesmo? Vai lá e grava uns CDs de qualidade pro seu afilhado logo!

- Dia das mães foi uma coisa confusa, mas acabou sendo bacana. A esposa do primo do Kurt resolveu batizar a filha de 1 mês no dia das mães e com o avô da menina mal de saúde. A gente achou uma coisa meio prepotente e egoísta, mas fomos porque ainda não havíamos conhecido a neném. Péeeeeeeeeeennnnn, churrasco (a lá americano = hambúrguer) e festinha sem graça. Ganhei cartões lindos que me fizeram chorar, uma xícara cheia de fotos do Gabe (presente da sogra) e um vaso lindo de flores (presente da cunhada). Fofo, né?!! Ahhhh e não posso esquecer da mensagem linda da minha amiga-irmã Jana que me deixou super emocionada tbém. Ela falou pouco, mas falou tudo!

- Ontem fui com a minha cunhada jantar. Ela havia prometido à Lindsy (prima do Kurt que tem problemas no cérebro - já citei aqui no blog) que a gente iria sair juntas e a Lindsy estava super empolgada. Foi bem bacana ver como ela tava feliz de sair com a gente, mas acabou sendo uma lonnnnnnnga noite e bem cara! Ela tem problema mas não deixa de ser esperta!! Hehehehehe

Wednesday, May 6, 2009

Solta a língua

Eu to com esperanças elevadas de que o Gabe vai falar muito português quando Pepeco estiver aqui!! Será??!!
Eu tenho falado muito com ele e tento ensinar coisas novas. Ele sempre olha pra mim e diz: "I want to hold you (eu quero te segurar)" que é o jeito dele me pedir pra carregá-lo. Eu sempre mando ele repetir em português e ele tem repetido. Aliás, esse foi só um exemplo porque tenho feito isso muito ultimamente. Ontem na volta pra casa foi o "look mommy, yellow!" e eu: "é filhinho, amarelo?", ele: "NO maréio"!!!!
Da pra perceber que ele entende muito o português, mas é claro que nem tudo.
Na segunda-feira, papai falou que o carro dele era bonito (via webcam) e ele deu um grito (tava aborrecido): "nooooooooooo, beautiful". Eu tive que rir. Mas fiquei feliz com a certeza de que pelo menos ele entende o que a gente ta falando.
Ele aprende espanhol na escola e eu acho a coisa mais fofinha do mundo porque ele se empolga com força! Mas no fundo fico com medo disso tudo dar um nó na cabecinha dele e acabar fazendo ele travar geral. É por isso que devo ter muita calma nessa hora...
E julho vai ser o mês dele afundar no português com mamis, Tio Vi, Tia Jane e Pepeco. Tô doidinha pra ver essa confusão de línguas!

Wednesday, April 29, 2009

A bisket, a basket!

Hoje a Nana (avó querida do Kurt) vai lá em casa. Pra quem não conhece, Nana é uma pessoa única. Super perfeccionista e espera isso de todo mundo, mas um AMOR, uma fofa e tem uma energia que muita mulher nova não tem - inclusive euzinha!.
Quando eu tava grávida e a Jana foi embora de volta pra BH (snif, snif, né amiga?!), ela ia almoçar comigo toda semana porque não queria que eu me sentisse sozinha. Eu a adoro!
É claro que ela ama de paixão o até bem pouco tempo único bisneto (primo do Kurt acabou de ter uma filha) e sempre vai lá em casa (pelo menos 1 vez por mês) pra ver a gente e brincar com o Gabe.
Sempre que ela vem, traz a tal da basket (cesto), cheia de goodies! Traz comida pra nós e livros, brinquedo e pretzels pro Gabe. Ele voa no cesto e deixa a gente sem graça, mas novamente, como já disse antes, eles que criaram o monstro! Eu tento ensinar, mas ele ainda é novo pra processar!
Ontem a gente comentou com ele que a Nana vinha hj a noite. Ele tava tomando banho e foi a coisinha mais fofa (e esperta) quando ele diz: "Nana bring basket, pretzel, a toy and a book (Nana traz cesto, pretzel, um brinquedo e um livro)!!"
Tem noção que ele já sabe direitinho o conteúdo do cesto???!!!!! Tive que rir!!!

Sunday, April 26, 2009

Baseball Game


Sexta-feira levamos o Mr. independência a um jogo de baseball.

Eu sabia que não ia durar muito tempo, porque ô joguinho chato esse. Mas eles têm playground no estádio e ao primeiro sinal de tédio, era só levar ele lá.

E é claro que essa parte ele amou. Pra poder ir embora foi uma luta (luta mesmo, com direito a gritos e esperneios). Mas confere como ele tava se achando:

Meu banana de pijama

Esses dias eu olhei pra essa coisinha de pijama e pensei, que quando eu piscar os olhos ele vai estar grande e não vai ser mais essa coisinha linda, num pijaminha de macaco da mamãe. Aí resolvi registrar o momento. Nessa hora do dia ele já estava lindo, fofinho, carinhoso, porque quando ele acorda é um monstro chato mau humorado todos os dias da semana (detesta ser acordado, avisa pra ele que eu também!).



Piada interna

Era pra ter postado esse vídeo faz tempo, mas como não ficou exatamente do jeito que a gente queria, acabamos nunca postando.

A Rê tá pilotando a câmera, Izabela como Gracinha e Janaína como Elce.



video

Sunday, April 19, 2009

Pra Tia Jane


Não dá vontade de morder????

Ele morre de nervoso do chinelo de dedo. Nunca consegui deixar por mais de 2 minutos. As Havaianas lindas que ele tinha, nunca usou, infelizmente. Mas hoje de manhã ele pediu pra colocar o chinelinho que a Tia Jane mandou. Saiu com o pai dele agora e vamos ver se volta com ou sem chinelo no pé!!!!!

Colega

Esse charmoso aí da foto será meu amissíssimo pelos próximos 2 anos! Gatinho né?

Thursday, April 16, 2009

O joelho

To contando história velha, mas na segunda-feira planejei de chegar em casa, fazer meus "deveres domésticos" e postar fotos e vídeos sobre a Páscoa.
Mas quando busquei Gabe na escola, eles me disseram que ele estava reclamando de dor no joelho esquerdo desde a hora do almoço.
Quando ele me vê chegando na escola, geralmente vem correndo me abraçar e quando fez isso na segunda, parou no meio do caminho segurando o tal do joelho e chorando de dor. Eu entro em pânico. Tá, nem tanto, mas já ligo correndo pro Kurt e pro médico. Ele tava andando, mas parava sempre e reclamava, chorava e eu achei aquilo estranho, porque não tinha nenhuma marca roxa ou vermelha visível.
A enfermeira achou melhor vê-lo naquele dia mesmo, por causa da idade dele é bom sempre conferir. Só que eles só tinham consulta pras 8:30 da noite. Preguiça....
Gabe continuou reclamando em casa, brincava, parava, reclamava e voltava a brincar. Até o Kurt que sempre diz que não é nada achou boa idéia levá-lo ao médico.
Assim que a gente chega no consultório esse menino começa a literalmente correr e pular, como se nada nunca tivesse acontecido. A gente via a médica correndo de sala em sala, com luvas nas mãos, crianças se esgoelando e morremos de vergonha de estar lá com um menino feliz e ainda por cima saltitante!!!
Ela foi uma gracinha, disse que foi bom ter um paciente feliz naquela noite caótica e saímos de lá com 10 doletas a menos no bolso e com a certeza de um precioso tempo perdido!!!

Tuesday, April 14, 2009

Pascoa

A Páscoa foi ótima e exagerada.

O brunch (mistura de breakfast and lunch) como sempre chiquérrimo, cheio de gente metida e se achando. Mas eu nem olho pro lado, só pra minha comidinha deliciosa e pras pessoas em volta de mim (sogrão é o preferido, shhhhhh e ele detesta o ambiente também). Mas não tem como não querer ir lá, a comida é boa demais. Os nomes são daqueles que ninguém (leia-se: pobres) entende o que significa. A sopa de caranguejo azul, hummmmmmmmmmmm - "blue crab bisqué adoré deliciosê soup", tava boa demais, mas fiquei perguntando ao Kurt se eu ia cagar azul?!!! Não rolou! Pobre não tem sangue azul e nem se tentar consegue cagar azul!!! Perdi o foco, voltemos a Páscoa.

Depois do brunch, como de costume, a gente vai pra casa da Nana comer bolo em forma de coelho e caçar ovos de plástico com dinheiro (moedinhas) dentro no jardim da casa. Todos os netos participam, mesmo sendo todos maiores de 20 anos. A estrela do show é o Gabe, o bisneto! Eu não participei porque quis filmar meu pequeno. E ele deu ataques, de felicidade e de egoísmo. Pra quem não sabe, o Kurt tem uma prima com problemas no cérebro (muito triste, ela caiu jogando futebol). Ela ama a caça aos ovos e é como se fosse uma criança (ela deve ter uns 22). Quando ela viu o Gabe saindo em disparada, correu na frente e pegou o ovo que ele tava indo pegar. Pra que??? Ele deu um ataque. Falou pra ela: "nooooooooooooooooo, my egg, put in my basket!" (meu ovo, põe no meu cesto), muito do bravo. E eu morrendo de vergonha achei rapidinho um outro ovo pra ele, tipo assim, abafa o caso! Mas no final ele achou vários ovinhos, ficou feliz da vida e o cofrinho de moedas dele ficou 12 doletas mais rico!

A parte que eu não gostei foi a parte dos presentes. Isso mesmo: presentes. Eu não sabia que pessoas ganhavam caminhões, carrinhos, livros e mais bugingangas na Páscoa. Nunca ganhei e nunca nem achei que deveria ganhar. Achei péssimo, parecia que era o aniversário dele. E ao comentar com o Kurt que eu acho um exagero, ele não concordou, disse que é assim mesmo e que se eu nunca ganhei problema meu, que ele sempre ganhou e que o Gabe tem mais é que aproveitar (tá, ele não falou assim, mas tipo quis dizer!). Aí eu falo de valores e ele diz que valores a gente é que tem que dar e que os avós e familiares tem todo o direito de dar tudo o que quiserem pra ele. Tipo eu concordo que valores somos nós que temos que dar, tanto que mesmo sabendo que ele não entenderia a metade, eu li a Bíblia dos Meninos na noite de Páscoa pra ele, na parte que fala da crucificação e da Ressurreição. O que eu não quero é que ele espere isso das pessoas. Que ele ache que esses feriados são por causa dele, como se fosse aniversário. Mas novamente o Kurt fala que é nossa função ensinar tudo isso. E o Kurt cresceu assim. Apesar de nunca ter sido rico, sempre ganhou tudo o que quis e hoje ele não liga nada pra bens materiais e é super bem educado. Difícil, né??!! O que fazer??!!! Acho que vou ter mais é que deixar a família entupir ele de tralha e bater na tecla de que presente a gente não espera, vem quando a pessoa quer dar...

Mas então, aí vai um videozinho de leve e não reparem a minha gritaria de mãe louca e empolgada. Depois ponho umas fotos e talvez mais um videozinho.

E depois venho também contar o porquê de eu não ter conseguido postar isso ontem...........


video

Monday, April 13, 2009

Que situação!

AVISO: se você tem nojinho de tudo não leia esse post! Tata, amiga, sei que você está recuperada, então vc pode ler!!! Hehehe

Primeiro tenho que contar do episódio pré-feriado, depois volto pra contar da Páscoa e colocar o vídeo do Gabe que fiz.
Na quinta-feira ninguém aqui tava afim de trabalhar. Como as escolas estavam fechadas, metade do prédio estava de folga e os gatos pingados que aqui restaram queriam mais era ir pra casa.
Estava eu aqui contando um caso pra um colega de trabalho (HOMEM) em pé e de frente pra ele (quem manda falar pelos cotovelos?). Ainda faltavam umas boas 2 horas pra dar o horário de ir embora. O tal colega de trabalho, que sempre tenta ver até o estômago da gente, não me olhava diretamente e eu tava achando aquilo estranho por demais, tipo que ele tava mesmo evitando de olhar pra mim. Quando eu sento, sinto uma coisa molhada na perna e percebo que havia uma poça de sangue na parte FRONTAL da minha calça (tá bom, poça de sangue é exagero, mas era bem visível). Minha primeira reação foi esconder minha cara por uns 5 minutos, mesmo sabendo que ninguém estava me olhando.
Depois eu chamei a Kiyana (minha amiga que trabalha comigo) e mostrei pra ela a minha situação e disse que eu tinha CERTEZA que o hominho viu tudo (falando baixo pra ele não escutar porque a vergonha já era grande demais). Ela foi correndo no meu locker pra ver se eu tinha alguma roupa pra trocar (nós todas temos lockers aqui e eu deixo roupas de malhar lá pra quando da na telha de ir na academia que tem aqui=nunca). Graças a Deus que tinha, mas era uma calça justíssima e uma blusa de malha com algum desenho bobo na frente. Me fala aí como que eu ia trabalhar vestida daquele jeito??? E pra voltar pra minha sala e encarar o hominho com a roupa trocada??!!!! E como eu ia pedir pro meu chefe pra ir embora???
Pausa pra explicar: meu chefe direto tem uma sala dentro do escritório e ele não estava aqui. O chefe do meu chefe, que seria a próxima pessoa a conversar e pedir pra deixar eu desaparecer, é conhecido por dar em cima de todas mulheres. Eu que não ia explicar pra ele meu problema mais que íntimo e feminino.
A Kiyana, minha fada da salvação, foi no chefão, que a gente adora, mas que eu não poderia encarar naquela situação e falou pra ele que eu havia tido um probleminha feminino. A reação dele foi levantar pra vir na minha sala me ver, mas a Kiyana falou pra ele que não era uma boa idéia, que provavelmente eu não queria ver ninguém!!! Ele falou: manda ela ir pra casa!!!!!!!!
O bom de tudo foi que sexta era feriado e eu não teria que olhar o hominho de frente até hoje, segunda-feira. E a verdade mais que verdadeira é que foi melhor ele ver do que qualquer outro homem nesse departamento. Ele é meio desparafusado e tipo que antes ele do que os chefões, não é?!! E acabou que, apesar da vergonha, eu consegui ir embora mais cedo!

Moral da história: há males que vem para o bem!!! Hehehehehehehehehehe

Tuesday, April 7, 2009

Sem assunto?!

Americano quando não tem assunto fala do tempo! Eu me lembro que quando trabalhei vendendo jóias, uma das regras era dar welcome pro cliente e falar de alguma coisa aleatória. Uma das sugestões era falar do tempo!!! Como era dentro do shopping e a gente não podia ver lá fora, a sugestão era de se perguntar se ainda estava chuvendo, se ainda estava muito quente, etc.
Parece besta, mas funciona, porque americano adora falar disso.
Então, como ando sem assunto também, vou usar a regrinha de vendedora e falar do......... tempo!
No domingo, nos deram um gostinho de primavera. Um solzinho gostoso, a gente levou o Gabe pro parque e ele correu livre e solto, na maior felicidade. Desliguei o aquecedor da casa e abri as janelas pra trocar o ar, que ainda tem de leve um cheirinho de tinta. Detalhe - eles falam por aqui que hispanic people tem mania de abrir as janelas quando o tempo fica melhorzinho. E temos MESMO!!!! Quem que quer casa com cheiro de bafo? De ar parado? Nemmmmmmmmmmmm!
Aí, como um dos costumes que incorporei aqui foi checar a previsão da semana pro tempo, fui olhar se já podia ficar feliz pra sempre abrindo e fechando janela ou se teria que ligar o aquecedor de novo.
E não é que vejo que hoje a temperatura seria de quase 0 grau e que talvez a gente tenha até uma neve de leve???????????? Como assim???? Uennn, uennnn, uennnnnnnnnnnn :-(

Outra coisa que notei por aqui. Como o Kurt cresceu nesse clima 4 estações, tem muito mais resistência ao frio do que eu. Já falei disso antes, mas o que vi hoje me espantou. Vi o porquê deles terem tanta resistência. Os adolescentes da minha rua estavam esperando o ônibus hoje de manhã, alguns com uma simples blusa de moleton e um outro, PASME, de blusa de malha! Como se tivesse indo pra praia. Gente, tava 2 graus e um vento uivante! E o disinfiliz de blusa de malha. Quase gritei da janela "tem mãe não menino?"
Mas só sei que mais uma vez, eu e Gabe éramos os únicos bonecos de neve de casacão e gorro hoje de manhã!!!!! Melhor previnir do que remediar, não é?!!

Monday, April 6, 2009

Tudo voltou ao normal, a casa está pronta e limpa.
Foram 3 dias de férias que trabalhei mais que nunca! Ontem deu pra relaxar um pouquinho e sexta-feira já tem feriado, uhuuuuuuu!!!
Eu me toquei no sábado que esse fim de semana já é Páscoa. O bom é que não tenho que comprar nadica de nada. No domingo a gente vai pro brunch, não tenho que me preocupar com o café da manhã e nem o almoço. E pro Gabe também não preciso comprar nada, já vi que minha sogra comprou sacolas e mais sacolas de coisas pra ele.
Detalhe que no domingo eles nos ligaram falando que estavam indo comprar mais coisas pro Gabe porque ele achou os presentes de Páscoa no sábado e já não tinha mais graça.
Pode????????????????????????????????
Por isso que esse menino é o mais mimado que conheço!

Wednesday, April 1, 2009

Clean House, me ajuda!!!

Quem quer vir arrumar???

Affffeeeeeeeeeeeeee, essa terra de mão de obra caríssima me mata. Tô moída, pintando de 8 da manhã até 6 da tarde! Guardei o restinho das minhas forças pra vir aqui postar as fotos do durante, porque do "antes" eu acabei não tirando.
Comprei a cor da cozinha. Como sou um ser sem criatividade e fã número 1 de tons da natureza, fui com o amado verde!

Aí vai a imagem do fim do dia:




Monday, March 30, 2009

Bagunça

Minha casa tá uma zona. Estamos pintando o segundo andar praticamente todo.
Vou ver se me lembro de tirar fotos hoje quando voltar do trabalho pra fazer o antes e o depois (sempre esqueço!).
To na maior dúvida em que cor pinto a cozinha e se o Kurt souber que quero cores diferentes pra tudo me estrangula!!! Hehehhehehehehe
Vamos ver se nesse fim de semana consigo fazer tudo já voltar ao normal!

Monday, March 23, 2009

Primeiro sonho - ou pesadelo?

Já contei pra meio mundo (eita que mãe é bicha besta mesmo!), mas vale a pena registrar aqui. Eu sempre fiquei imaginando se o Gabe sonha e com o que! Já até perguntei algumas vezes, mas a resposta era sempre: "......." (hannn? de que essa doida que se diz minha mãe ta falando).
Na verdade, saber que ele da umas sonhadas eu já sabia porque ele ri, conversa, grita, que nem o pai.
Então no sábado ele veio pra minha cama as 5:30, como de costume e acordamos todos com o telefone tocando as 7 ("puliça, vem trabaiá!!!"). O Gabe ficou me mostrando a mãozinha, meio que pedindo sem falar nada pra eu olhar, como se tivesse machucado. Eu pensei que tinha dado formiguinha (sabe o que é né, como que chama isso?), dei uns beijinhos e ele dormiu de novo. Depois de uns 10 minutos ele senta na cama e olha pro lado onde o Kurt dorme e me pergunta:
"where is the snake?" Eu disse que ele tinha sonhado e que não tinha cobra nenhuma ali. Aí ele disse assim com aquela carinha matutina toda vermelha: "the snake was eating my hand".
Gente, quase morro de dóooooooooooooooooooooooooooooooo!


Ahhhh, quero contar também que assisti ontem ao filme em que a Angelina Jolie concorreu ao Oscar de melhor atriz, Changeling. Não sei o nome em português e muito menos o que significa em inglês, acho que essa palavra nem existe. Instant update - deixei de preguiça e olhei no dicionário, significa criança sequestrada e substituída por outra.
Bem, então o nome resume o que é o filme. É uma história real de uma criança na Califórnia (muito tempo atrás) que foi sequestrada e a polícia deu outra de volta. Medaaaaaaaaaaaaaa.
Adorei o filme, super indico, mas passei a noite indo ver se meu baby tava na caminha dele! Dormi malllll!!!

Thursday, March 19, 2009

De religião não se fala... mas vou falar!

Eu sou católica não praticante. E não pratico aqui porque não entendo nada que eles falam nas missas e odeio missa chata. A Bíblia em inglês é muito difícil de entender, então qual seria o ponto em ir à igreja se você não vai entender bulhufas do que está sendo falado. Além desses motivos, eu não concordo com muitas coisas que a igreja faz e diz, então ainda estou tentando encontrar um meio-termo, um "lugar" onde eu me sinta bem, feliz e confortável.
Eu sei que esse assunto já virou a página, mas como o véio esquisito do correio comentou comigo ontem a respeito (ele adora puxar papo comigo, então tudo que ele vê do Brasil ele vem me perguntar), resolvi comentar aqui. A pobre menina de 9 anos engravida, vítima de estupro, e a igreja quer jogar pedras nela, na mãe, nos médicos, etc. Já não basta o sofrimento que a menina e a mãe tem que passar, a igreja tem que aparecer pra fazer elas sofrerem ainda mais.
Eu achei (minha opinião, se vc não concorda, desculpa aí, mas não tenta "pregar" pra mim que não cola) um ABSURDO, o maior dos absurdos dos absurdos a igreja excomungar todo mundo. Sendo pró aborto ou não sendo pró aborto, como que alguém espera que essa menina, nem adolescente ela é ainda, cuide de uma criança? E pra mim, a questão nem é essa. A questão é que Deus nos dá livre-arbítrio e nos pede pra não julgar, porque Ele o fará. Quem a igreja pensa que é pra agir como se fosse Ele? Pra mim, de novo, pra mim, a igreja tem como função propagar a palavra e fazer o bem. Ao invés de se preocupar em aparecer as custas dessa inocente, vai fazer caridade. Vai se preocupar com o que a comunidade necessita e deixa a família da menina decidir quantas pedras elas conseguem carregar nas costas.
Eu entendo que o bebê que ela levava no ventre (ou bebês, o hominho do correio disse que eram gêmeos) também é um inocente que não tem culpa de nada e de novo quero deixar claro que o meu ponto de vista não é o aborto. É a igreja, que não tem moral nenhuma pra falar de ninguém (não sou eu que tô inventando isso, a história nos prova o quanto a igreja católica já foi suja e ainda é). Vale também lembrar que não gosto de generalizar. Por isso que eu escolho bem a igreja que vou: só vou se o padre for bacana e fala da mensagem de Deus de uma maneira simples e honesta. Se o padre fica falando de dízimo 90% do tempo da missa, tô fora. Se o padre é preconceituoso, tô fora. Como em todos os lugares, sempre se tem 1 ou 2 ou várias maçãs podres dentro do cesto e não podemos deixar que elas contaminem todo o resto.

Monday, March 16, 2009

Momento cult (só rindo!)

Queria só fazer uma análise crítica quase que profissional (cof, cof) de uma dobradinha livro/filme.
Acabei de ler o livro "Ensaio sobre a cegueira", de Saramago e logo em seguida pedi o filme no Netflix (locadora pelo correio!).
Gostei do livro, apesar de te fazer sentir um medão de ficar cego. Faz pensar (eu tbém penso!) em como o ser humano é bicho esquisito e em como situações adversas podem fazer com que vc mude competamente de personalidade. Melhor dizendo, a gente vira bicho!
Foi daqueles livros que vc não quer parar de ler, mas nesse caso, foi porque o autor enrola um bocado nos detalhes e te da vontade de saber o que vai acontecer logo. Tipo, desembucha logo meu filho! Eu tinha na minha cabeça que ou a mulher que enxergava ia ficar cega e ia acabar por isso mesmo (esses finais sem sentido modernos) ou todo mundo voltava a enxergar. Claro que não vou contar o final.
Aí fiquei doidinha pra ver o filme, pra poder colocar cara na imaginação. Achei o filme bem fiel ao livro, apesar de ter deixado de fora cenas marcantes. Também decepcionou a atuação dos atores. Fiquei com dó do Kurt que assistiu ao filme comigo sem ter lido o livro. Chato e mal feito eram os comentários que eu esperava ouvir dele e foi mais ou menos por aí mesmo.
Mas mesmo assim recomendo - o livro, não o filme.

Sunday, March 15, 2009

Momento coruja (56.327)!

A mãe aqui acha lindo... Coisas de mãe. Essa é a música do final de todo desenho do Mickey.
video

Fim de semana passado

Olha só a felicidade do Gabe com padrinho e Tio Vi aqui em casa. Apesar da visita relâmpago, foi ótimo. Voltem logo amados irmãos!!!

Friday, March 13, 2009

Eu assisti a esse vídeo ontem e não tem como não dar risada (no meu caso muita risada). Mas apesar de achar a maior graça a gente tem que dar o maior crédito pro colega. Não o conhecia, nunca tinha visto antes, mas pro cara chegar lá e dar entrevista na maior mesmo, tentando falar o inglês, tem que ter peito. Admirei e aplaudi!
http://www.youtube.com/watch?v=GG55Ze_Dj20

É tentando que se aprende!

Monday, March 9, 2009

Por que?

Eu achei que a fase do por que? chegava bem mais tarde, tipo la pelos 4 anos.
Aqui em casa chegou antes que eu pensava. Tudo agora é "why" (pronunciado: uaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiii- desse jeitinho).
Hoje eu tava ouvindo um CD no carro e ele disse que não queria aquela música (nova mania tbém, essa eu achava que era só na adolescência!). Eu ignorei e ele disse que queria outra música. Eu só disse não e ele: "whyyyyyyyyyyyyyyy?".
E eu respondi que nem minha mãe respondia: "porque enquanto eu for sua motorista, quem escolhe a música sou eu!".
E é claro que isso é muita informação pra ele. Então ele pergunta de novo: "whyyyyyyyyyy?".
Se não entende a resposta, pra que pergunta??!!!

Tuesday, March 3, 2009

Diversidade

Hoje passei o dia em um treinamento sobre diversidade. O objetivo do treinamento é tentar tirar da cabeça das pessoas o pré-conceito sobre aquilo que não sabemos (outras raças, outro sexo, outra opção sexual, outras religões e por aí vai). Como disse o instrutor, é fazer gente boa ainda melhor.
Assim como no Brasil, os Estados Unidos receberam e ainda recebem imigrantes de todos os lugares do mundo e por aqui eles gostam de por uma "etiqueta" em todo mundo.
Eu sou mulher, latina/hispânica, e esquisita porque não tenho como língua nativa o espanhol e sim o português (han??).
A gente sabe que existe preconceito no Brasil e muito. Só que o preconceito no Brasil é enrustido e nunca debatido abertamente como é aqui. A mulher sofre preconceito no Brasil, não sofre? Os negros sofrem preconceito no Brasil, não sofrem? Aqui eu ganhei uma etiqueta nova que é alvo de muito preconceito. A etiqueta de latina (ou hispânica, o que tecnicamente não é correto, mas quem se importa?).
Não importa a cor da sua pele, se vc é latina vai vivenciar aqui o preconceito mais cedo ou mais tarde.
Bem, dentre outros, teve um exercício no treinamento em que as pessoas deveriam falar o que vinha a cabeça quando se pensava em um outro grupo racial. A maioria na classe era "caucasian" ou brancos e alguns grupos escolheram falar o que pensavam sobre os latinos. As palavras que saíram foram: gangue, preguiça, sempre atrasados, família enorme, mulheres que gostam de se vestir com sensualidade (entenda bem que isso não é elogio, aliás a palavra mais certa pra tradução seria até sexualidade), dentre outros.
Eu me senti SUPER ofendida. Não saiu nada que prestasse, acho que nenhum elogio. Uma mulher comentou que o termo "latino" envolve um grupo enorme e que era difícil comentar sobre todos. Mas naquela hora e naquele lugar eu estava etiquetada como aquele grupo de preguiçosos e mulheres que se vestem como piranhas... E doeu ouvir aquilo tudo.
Num outro exercício, o instrutor pediu que falássemos o que não gostaríamos nunca que ninguém falasse sobre a nossa raça e eu disse que eu não gostaria de ser "etiquetada" em grupo nenhum. Não que eu não tenha orgulho de ser latina, tenho sim e muito. Amo ser brasileira. Eu disse que não queria ser colocada no grupo de mulheres que se vestem como piranhas, no grupo de mulheres que tem 20 filhos, um de cada pai diferente, ou no grupo de preguiçosos que não gostam de trabalhar. Eu gostaria de ser colocada no grupo IZABELA, como indivíduo de personalidade própria e características próprias. Até aceito que falem que eu sou mais pro lado dos atrasados, mas isso é outra história!!!
É muito complicado explicar em um post sem ficar chato como as coisas aqui são. Um dia eu tento ou vou explicando aos poucos.
Por hora só queria dizer que um saco ter que andar por aí com uma "etiqueta" na testa e que vale sempre lembrar que cada qual com seu cada qual e cada um com seu cada um!

Sunday, March 1, 2009

Esquiando

Eu mencionei que fui esquiar faz tempo e não contei sobre a experiência.
Era a primeira vez pra mim, Jana, Rê e David. Kurt e Edu já tinham ido, mas fazia tempo.
Eu, Jana e Rê que não somos bobas ficamos esperando pra fazer a aula pra iniciantes. Sair do lugar com aquela "pata" de todo tamanho já nos parecia impossível, quanto mais descer morro abaixo. Apesar de termos gastado horas esperando e na aula em si, não nos arrependemos.
O professor era bem bacana, mas cismou que a Rê se chamava Ronalda e eu e Jana não conseguíamos parar de rir. A aula a gente faz num morrinho de nada e o professor desce com a gente a primeira vez no morro de verdade. Acho que só fazendo pra entender como é...
A melhor aluna da minha classe humilhou todo mundo porque tinha apenas 10 anos!
Quando eu parti pra descida sozinha, até que não fiz feio (o pior foi que fiz feio foi no carrinho que leva a gente pro alto da montanha, caía toda hora na hora de descer, não parava de rir e não conseguia me levantar, vexame total!). Mas pra descer o morro foi um pouco mais fácil. Na primeira vez tomei 3 tombos, na segunda 2 e na última nada! Foram dias de corpo doendo, mas valeu a pena.

Um videozinho tbém vale mais que mil palavras. Nossa amiga Barbie no "gramour" da neve!

video

Anjo Gabriel

video

Tuesday, February 24, 2009

Carnaval acabou ainda não???

Antipatia desse povo!
Que folga esse negócio de 4, 5, 6 dias de carnaval. Chega né gente?
Tenham dó da minha pessoa aqui no trabalho e no frio dos pólos.
Por falar em frio, eu coloquei essa moçoila aí do lado pra vcs poderem comparar a diferença de temperatura aqui e aí em BH. Mas tô achando a elementa muito atrevida. Dia desses tava marcando 3 graus e a metida a besta vestida de barriga de fora. Sem noção!

Wednesday, February 18, 2009

Divulgando

Aí do lado ta o mais novo blog do pedaço: "Eu tenho outra escolha?"
Minhas (564, ops) 3 leitoras, adicionem aos favoritos!
Assinado pela antipática insolente mór!
Antipatia!

Alguém tem a fórmula do bom humor?

Minhas amigas sempre reclamaram que eu acordo cedo. O cedo delas é 8, 9 da manhã.
Sem forçar muito a barra, não consigo dormir mais que isso.
Já acordar as 5, 6 da manhã é um sacrifício. Como qualquer outro cidadão normal, detesto. Mesmo detestando, costumo acordar de bom humor. Sou daquelas incovenientes que diz bom dia pra todo mundo e até canto as vezes (pro Gabe e Kurt!!!).
Mas meu digníssimo filho não é acordado com o melhor dos humores. Se ele acorda naturalmente é um poço de candura, mas quando tenho que acordá-lo... Nunca vi pessoa tão rabugenta e mau humorada. Alguém avisa pra ele que a vida é dura assim.
Ele literalmente abre o olho chorando e se vc diz alguma coisa, seja ela o que for, ele começa a berrar que não quer ouvir (afffeee).
Tenho tentado pisar em ovos ao acordá-lo. Já coloquei músicas calminhas e que ele gosta (deu não), já tentei conversar (cala-te boca), já tentei carinho (tira a mão daí), enfim, a única coisa que deu mais ou menos certo (por 3 segundos e que aliás sempre o acalma um pouco) foi cantar a música que o vovô sempre canta ("já raioooou, a liberdade, no horizonte do Brasil!"). Hann???? Menino doido ta aí!
O pior é que mesmo me dando um ódio profundo do berreiro, morro de dó, porque o Gabe tem pós graduação em dramaturgia. Vou tentar filmar um dia desses, mas aviso que corro o risco até de apanhar!!!!

Saturday, February 14, 2009

Monday, February 9, 2009

Pink Floyd Experience

Ontem fui nesse show aí. Sem esperanças de nada porque afinal só conheço 2 músicas do Pink Floyd. E das duas eles só cantaram uma!
O show durou 2 horas e eu iria ter saído bem feliz se tivesse durado uma. Mas até que gostei, mesmo não conhecendo as músicas foi bacana. Aquela coisa sentada e civilizada.
Na volta pra casa eu conversando com o Kurt e dizendo que eu teria curtido muito mais se fosse uma coisa um pouco mais dançante, tipo Beatles ouuuuuuuuuuuuuu Bee Gees...
E ele me deu maior esparrão dizendo que Bee Gees é uma coisa baranga, que aqui todo mundo acha barango.
Ai gente, eu não acho não. Será que é?

"Staying alive, staying alive, HA HA HA HA, staying aliiiiiiiiiiveeeeee!!!!!"

Tuesday, February 3, 2009

Será filho de quem?

Nem sei se já comentei isso aqui, mas a nova moda do Gabe é nos corrigir. Ele pergunta "What is this?" pra tudo e se você não da a resposta que ta na cabecinha dele, ele corrige.
Tem me "corrigido" muito quando eu falo alguma coisa em português.
- What is this?
- Caminhão!
- Noooooooooo, TRUCK!
Aí eu digo que pode ser os dois e insisto no português. As vezes ele se conforma, as vezes não, me corrige até eu parar de insistir!!!
Ontem eu tive que rir. Tava no carro conversando com ele e dizendo "filho" pra cá e "filho" pra lá. Não mais que de repente:
Eu: Quando a gente chegar em casa eu vou fazer o papá, tá filho?
Ele: Nooooooooooooo, Gabe!!!!
Eu: Filho?
Ele: Noooooooooo, Gabe!!!
Eu: Mas você é o Gabe e é meu filho!
Ele: Noooooooo, Gabe!

Okay Mr. Personalidade!!!!

Monday, February 2, 2009

SuperBowl Sunday!

Acho que todo mundo sabe que americano é fanático com futebol americano assim como brasileiro é fanático com futebol. Ontem foi a noite do SuperBowl, onde o campeão de uma liga joga contra o campeão da outra. É um espetáculo a parte, onde não tem só jogo, mas show no intervalo e propagandas caríssimas e super criativas (daquelas que vale a pena mesmo ficar assistindo).
Ontem as propagandas decepcionaram, pelo menos a mim, e muito. Foram pouquíssimas propagandas boas e muitas propagandas de filmes que irão estreiar. Uma decepção. E não dá pra deixar de associar à crise econômica. Com grandes empresas quebrando a rodo, acho que não tinha dinheiro sobrando pra pagar o horário do SuperBowl não. Tô curiosa pra ver se alguém comenta isso nos jornais essa semana ou se foi só impressão minha mesmo.

Monday, January 26, 2009

Quando que esse menino vai "potty"?

Alguém conhece alguma reza braba pra fazer menino cag$%# na privada???

Gente, esse menino não quer nada com a privada nesse momento. Fala comigo que quer ir somente em momentos em que ele consiga alguma coisa, como me tirar da cama de manhã: "Mommy, I want to eat pãozinho"

"Gabe, dorme mais um pouquinho"

"I want pãozinho and milk"

"Later Gabe, dorme, fecha o olho"

"Mommy, I want to go potty!".

Ele sabe que vou levantar e levá-lo e quando chega lá......... NADA. Não mija, não caga, NADA.

Tem também o pedido de ir ao vaso pra sentar lá e eu ler histórias pra ele. Tbém NADA. O máximo que sai daquela bundinha inocente é um peidinho nem tão inocente.

Não adianta me dar conselhor sobre como proceder porque já tentei de um tudo. A única coisa que o Kurt não me deixa tentar é tirar a fralda de vez, colocar a cueca e deixar ele ter alguns acidentes de percurso até aprender. Não me deixa fazer isso por conta do carpete...
O problema é que o Gabe não se incomoda com o tolosco.
No domingo saímos pra jantar e de repente eu sinto um cheiro tenebroso no ar. Como boa e preparada mãe que sou não tinha levado fraldas porque tinha acabado de trocar antes de sair e ele já tinha feito o toscão do dia. Eu bem pensei em ir embora porque comer com aquele cheiro não dava. Mas ele se sentou do ladinho do pai dele e não se incomodou nem por 1 segundo nem com a bolota, nem com o cheiro. Pode uma coisa dessas??? Brincou, desenhou e pior, comeu sem nem pestanejar. Jesus me ajuda! Amém!!

Saturday, January 17, 2009

Essa semana fez um frio louco. Tenho acordado de manhã e feito como os americanos, ligo a TV pra ver qual a previsão do tempo pra me vestir e vestir o Gabe apropriadamente. Na quarta eles estavam comentando no noticiário sobre Chicago e o frio que anda fazendo por lá. Eles tiveram 9 dias de neve consecutivos, coisa que nunca se viu antes e a temperatura estava vários, mas vários mesmo graus abaixo de zero. Não da pra ficar mais de 5 minutos na rua!

O blog está em ritmo de Valentine's Day. No ano passado todos os coleguinhas do Gabe trouxeram pequenas lembrancinhas uns pros outros, com exceção do Gabe que tem mãe brasileira que não liga pra essas coisas! E aí fico pensando se esse ano devo me dar ao trabalho de fazer alguma coisa (geralmente são docinhos, chocolate, cookies numa sacolinha). Preguiça!!!

Tuesday, January 6, 2009

Ajustando

Agora que tenho marido em casa quase toda noite (uhuuuuuuuuuu), não tenho entrado nada na net. Ainda mais que a família do Brasil ta quase toda na praia...
Além de trabalho novo pro marido, tem escola nova pro Gabe vindo, ele começa na segunda-feira (12). Hoje levei ele lá de manhã e ele amou. Brincou, comeu, conversou, demandou, enfim, agiu naturalmente como se nada tivesse acontecendo. Um fofo.
Semana que vem Kurt trabalha a noite então sei que terei tempo de entrar mais na net e postar as fotenhas prometidas.

Pensando na Jana, Gracinha e Marina que perderam a Kika. Força pra elas.