Wednesday, April 29, 2009

A bisket, a basket!

Hoje a Nana (avó querida do Kurt) vai lá em casa. Pra quem não conhece, Nana é uma pessoa única. Super perfeccionista e espera isso de todo mundo, mas um AMOR, uma fofa e tem uma energia que muita mulher nova não tem - inclusive euzinha!.
Quando eu tava grávida e a Jana foi embora de volta pra BH (snif, snif, né amiga?!), ela ia almoçar comigo toda semana porque não queria que eu me sentisse sozinha. Eu a adoro!
É claro que ela ama de paixão o até bem pouco tempo único bisneto (primo do Kurt acabou de ter uma filha) e sempre vai lá em casa (pelo menos 1 vez por mês) pra ver a gente e brincar com o Gabe.
Sempre que ela vem, traz a tal da basket (cesto), cheia de goodies! Traz comida pra nós e livros, brinquedo e pretzels pro Gabe. Ele voa no cesto e deixa a gente sem graça, mas novamente, como já disse antes, eles que criaram o monstro! Eu tento ensinar, mas ele ainda é novo pra processar!
Ontem a gente comentou com ele que a Nana vinha hj a noite. Ele tava tomando banho e foi a coisinha mais fofa (e esperta) quando ele diz: "Nana bring basket, pretzel, a toy and a book (Nana traz cesto, pretzel, um brinquedo e um livro)!!"
Tem noção que ele já sabe direitinho o conteúdo do cesto???!!!!! Tive que rir!!!

Sunday, April 26, 2009

Baseball Game


Sexta-feira levamos o Mr. independência a um jogo de baseball.

Eu sabia que não ia durar muito tempo, porque ô joguinho chato esse. Mas eles têm playground no estádio e ao primeiro sinal de tédio, era só levar ele lá.

E é claro que essa parte ele amou. Pra poder ir embora foi uma luta (luta mesmo, com direito a gritos e esperneios). Mas confere como ele tava se achando:

Meu banana de pijama

Esses dias eu olhei pra essa coisinha de pijama e pensei, que quando eu piscar os olhos ele vai estar grande e não vai ser mais essa coisinha linda, num pijaminha de macaco da mamãe. Aí resolvi registrar o momento. Nessa hora do dia ele já estava lindo, fofinho, carinhoso, porque quando ele acorda é um monstro chato mau humorado todos os dias da semana (detesta ser acordado, avisa pra ele que eu também!).



Piada interna

Era pra ter postado esse vídeo faz tempo, mas como não ficou exatamente do jeito que a gente queria, acabamos nunca postando.

A Rê tá pilotando a câmera, Izabela como Gracinha e Janaína como Elce.



video

Sunday, April 19, 2009

Pra Tia Jane


Não dá vontade de morder????

Ele morre de nervoso do chinelo de dedo. Nunca consegui deixar por mais de 2 minutos. As Havaianas lindas que ele tinha, nunca usou, infelizmente. Mas hoje de manhã ele pediu pra colocar o chinelinho que a Tia Jane mandou. Saiu com o pai dele agora e vamos ver se volta com ou sem chinelo no pé!!!!!

Colega

Esse charmoso aí da foto será meu amissíssimo pelos próximos 2 anos! Gatinho né?

Thursday, April 16, 2009

O joelho

To contando história velha, mas na segunda-feira planejei de chegar em casa, fazer meus "deveres domésticos" e postar fotos e vídeos sobre a Páscoa.
Mas quando busquei Gabe na escola, eles me disseram que ele estava reclamando de dor no joelho esquerdo desde a hora do almoço.
Quando ele me vê chegando na escola, geralmente vem correndo me abraçar e quando fez isso na segunda, parou no meio do caminho segurando o tal do joelho e chorando de dor. Eu entro em pânico. Tá, nem tanto, mas já ligo correndo pro Kurt e pro médico. Ele tava andando, mas parava sempre e reclamava, chorava e eu achei aquilo estranho, porque não tinha nenhuma marca roxa ou vermelha visível.
A enfermeira achou melhor vê-lo naquele dia mesmo, por causa da idade dele é bom sempre conferir. Só que eles só tinham consulta pras 8:30 da noite. Preguiça....
Gabe continuou reclamando em casa, brincava, parava, reclamava e voltava a brincar. Até o Kurt que sempre diz que não é nada achou boa idéia levá-lo ao médico.
Assim que a gente chega no consultório esse menino começa a literalmente correr e pular, como se nada nunca tivesse acontecido. A gente via a médica correndo de sala em sala, com luvas nas mãos, crianças se esgoelando e morremos de vergonha de estar lá com um menino feliz e ainda por cima saltitante!!!
Ela foi uma gracinha, disse que foi bom ter um paciente feliz naquela noite caótica e saímos de lá com 10 doletas a menos no bolso e com a certeza de um precioso tempo perdido!!!

Tuesday, April 14, 2009

Pascoa

A Páscoa foi ótima e exagerada.

O brunch (mistura de breakfast and lunch) como sempre chiquérrimo, cheio de gente metida e se achando. Mas eu nem olho pro lado, só pra minha comidinha deliciosa e pras pessoas em volta de mim (sogrão é o preferido, shhhhhh e ele detesta o ambiente também). Mas não tem como não querer ir lá, a comida é boa demais. Os nomes são daqueles que ninguém (leia-se: pobres) entende o que significa. A sopa de caranguejo azul, hummmmmmmmmmmm - "blue crab bisqué adoré deliciosê soup", tava boa demais, mas fiquei perguntando ao Kurt se eu ia cagar azul?!!! Não rolou! Pobre não tem sangue azul e nem se tentar consegue cagar azul!!! Perdi o foco, voltemos a Páscoa.

Depois do brunch, como de costume, a gente vai pra casa da Nana comer bolo em forma de coelho e caçar ovos de plástico com dinheiro (moedinhas) dentro no jardim da casa. Todos os netos participam, mesmo sendo todos maiores de 20 anos. A estrela do show é o Gabe, o bisneto! Eu não participei porque quis filmar meu pequeno. E ele deu ataques, de felicidade e de egoísmo. Pra quem não sabe, o Kurt tem uma prima com problemas no cérebro (muito triste, ela caiu jogando futebol). Ela ama a caça aos ovos e é como se fosse uma criança (ela deve ter uns 22). Quando ela viu o Gabe saindo em disparada, correu na frente e pegou o ovo que ele tava indo pegar. Pra que??? Ele deu um ataque. Falou pra ela: "nooooooooooooooooo, my egg, put in my basket!" (meu ovo, põe no meu cesto), muito do bravo. E eu morrendo de vergonha achei rapidinho um outro ovo pra ele, tipo assim, abafa o caso! Mas no final ele achou vários ovinhos, ficou feliz da vida e o cofrinho de moedas dele ficou 12 doletas mais rico!

A parte que eu não gostei foi a parte dos presentes. Isso mesmo: presentes. Eu não sabia que pessoas ganhavam caminhões, carrinhos, livros e mais bugingangas na Páscoa. Nunca ganhei e nunca nem achei que deveria ganhar. Achei péssimo, parecia que era o aniversário dele. E ao comentar com o Kurt que eu acho um exagero, ele não concordou, disse que é assim mesmo e que se eu nunca ganhei problema meu, que ele sempre ganhou e que o Gabe tem mais é que aproveitar (tá, ele não falou assim, mas tipo quis dizer!). Aí eu falo de valores e ele diz que valores a gente é que tem que dar e que os avós e familiares tem todo o direito de dar tudo o que quiserem pra ele. Tipo eu concordo que valores somos nós que temos que dar, tanto que mesmo sabendo que ele não entenderia a metade, eu li a Bíblia dos Meninos na noite de Páscoa pra ele, na parte que fala da crucificação e da Ressurreição. O que eu não quero é que ele espere isso das pessoas. Que ele ache que esses feriados são por causa dele, como se fosse aniversário. Mas novamente o Kurt fala que é nossa função ensinar tudo isso. E o Kurt cresceu assim. Apesar de nunca ter sido rico, sempre ganhou tudo o que quis e hoje ele não liga nada pra bens materiais e é super bem educado. Difícil, né??!! O que fazer??!!! Acho que vou ter mais é que deixar a família entupir ele de tralha e bater na tecla de que presente a gente não espera, vem quando a pessoa quer dar...

Mas então, aí vai um videozinho de leve e não reparem a minha gritaria de mãe louca e empolgada. Depois ponho umas fotos e talvez mais um videozinho.

E depois venho também contar o porquê de eu não ter conseguido postar isso ontem...........


video

Monday, April 13, 2009

Que situação!

AVISO: se você tem nojinho de tudo não leia esse post! Tata, amiga, sei que você está recuperada, então vc pode ler!!! Hehehe

Primeiro tenho que contar do episódio pré-feriado, depois volto pra contar da Páscoa e colocar o vídeo do Gabe que fiz.
Na quinta-feira ninguém aqui tava afim de trabalhar. Como as escolas estavam fechadas, metade do prédio estava de folga e os gatos pingados que aqui restaram queriam mais era ir pra casa.
Estava eu aqui contando um caso pra um colega de trabalho (HOMEM) em pé e de frente pra ele (quem manda falar pelos cotovelos?). Ainda faltavam umas boas 2 horas pra dar o horário de ir embora. O tal colega de trabalho, que sempre tenta ver até o estômago da gente, não me olhava diretamente e eu tava achando aquilo estranho por demais, tipo que ele tava mesmo evitando de olhar pra mim. Quando eu sento, sinto uma coisa molhada na perna e percebo que havia uma poça de sangue na parte FRONTAL da minha calça (tá bom, poça de sangue é exagero, mas era bem visível). Minha primeira reação foi esconder minha cara por uns 5 minutos, mesmo sabendo que ninguém estava me olhando.
Depois eu chamei a Kiyana (minha amiga que trabalha comigo) e mostrei pra ela a minha situação e disse que eu tinha CERTEZA que o hominho viu tudo (falando baixo pra ele não escutar porque a vergonha já era grande demais). Ela foi correndo no meu locker pra ver se eu tinha alguma roupa pra trocar (nós todas temos lockers aqui e eu deixo roupas de malhar lá pra quando da na telha de ir na academia que tem aqui=nunca). Graças a Deus que tinha, mas era uma calça justíssima e uma blusa de malha com algum desenho bobo na frente. Me fala aí como que eu ia trabalhar vestida daquele jeito??? E pra voltar pra minha sala e encarar o hominho com a roupa trocada??!!!! E como eu ia pedir pro meu chefe pra ir embora???
Pausa pra explicar: meu chefe direto tem uma sala dentro do escritório e ele não estava aqui. O chefe do meu chefe, que seria a próxima pessoa a conversar e pedir pra deixar eu desaparecer, é conhecido por dar em cima de todas mulheres. Eu que não ia explicar pra ele meu problema mais que íntimo e feminino.
A Kiyana, minha fada da salvação, foi no chefão, que a gente adora, mas que eu não poderia encarar naquela situação e falou pra ele que eu havia tido um probleminha feminino. A reação dele foi levantar pra vir na minha sala me ver, mas a Kiyana falou pra ele que não era uma boa idéia, que provavelmente eu não queria ver ninguém!!! Ele falou: manda ela ir pra casa!!!!!!!!
O bom de tudo foi que sexta era feriado e eu não teria que olhar o hominho de frente até hoje, segunda-feira. E a verdade mais que verdadeira é que foi melhor ele ver do que qualquer outro homem nesse departamento. Ele é meio desparafusado e tipo que antes ele do que os chefões, não é?!! E acabou que, apesar da vergonha, eu consegui ir embora mais cedo!

Moral da história: há males que vem para o bem!!! Hehehehehehehehehehe

Tuesday, April 7, 2009

Sem assunto?!

Americano quando não tem assunto fala do tempo! Eu me lembro que quando trabalhei vendendo jóias, uma das regras era dar welcome pro cliente e falar de alguma coisa aleatória. Uma das sugestões era falar do tempo!!! Como era dentro do shopping e a gente não podia ver lá fora, a sugestão era de se perguntar se ainda estava chuvendo, se ainda estava muito quente, etc.
Parece besta, mas funciona, porque americano adora falar disso.
Então, como ando sem assunto também, vou usar a regrinha de vendedora e falar do......... tempo!
No domingo, nos deram um gostinho de primavera. Um solzinho gostoso, a gente levou o Gabe pro parque e ele correu livre e solto, na maior felicidade. Desliguei o aquecedor da casa e abri as janelas pra trocar o ar, que ainda tem de leve um cheirinho de tinta. Detalhe - eles falam por aqui que hispanic people tem mania de abrir as janelas quando o tempo fica melhorzinho. E temos MESMO!!!! Quem que quer casa com cheiro de bafo? De ar parado? Nemmmmmmmmmmmm!
Aí, como um dos costumes que incorporei aqui foi checar a previsão da semana pro tempo, fui olhar se já podia ficar feliz pra sempre abrindo e fechando janela ou se teria que ligar o aquecedor de novo.
E não é que vejo que hoje a temperatura seria de quase 0 grau e que talvez a gente tenha até uma neve de leve???????????? Como assim???? Uennn, uennnn, uennnnnnnnnnnn :-(

Outra coisa que notei por aqui. Como o Kurt cresceu nesse clima 4 estações, tem muito mais resistência ao frio do que eu. Já falei disso antes, mas o que vi hoje me espantou. Vi o porquê deles terem tanta resistência. Os adolescentes da minha rua estavam esperando o ônibus hoje de manhã, alguns com uma simples blusa de moleton e um outro, PASME, de blusa de malha! Como se tivesse indo pra praia. Gente, tava 2 graus e um vento uivante! E o disinfiliz de blusa de malha. Quase gritei da janela "tem mãe não menino?"
Mas só sei que mais uma vez, eu e Gabe éramos os únicos bonecos de neve de casacão e gorro hoje de manhã!!!!! Melhor previnir do que remediar, não é?!!

Monday, April 6, 2009

Tudo voltou ao normal, a casa está pronta e limpa.
Foram 3 dias de férias que trabalhei mais que nunca! Ontem deu pra relaxar um pouquinho e sexta-feira já tem feriado, uhuuuuuuu!!!
Eu me toquei no sábado que esse fim de semana já é Páscoa. O bom é que não tenho que comprar nadica de nada. No domingo a gente vai pro brunch, não tenho que me preocupar com o café da manhã e nem o almoço. E pro Gabe também não preciso comprar nada, já vi que minha sogra comprou sacolas e mais sacolas de coisas pra ele.
Detalhe que no domingo eles nos ligaram falando que estavam indo comprar mais coisas pro Gabe porque ele achou os presentes de Páscoa no sábado e já não tinha mais graça.
Pode????????????????????????????????
Por isso que esse menino é o mais mimado que conheço!

Wednesday, April 1, 2009

Clean House, me ajuda!!!

Quem quer vir arrumar???

Affffeeeeeeeeeeeeee, essa terra de mão de obra caríssima me mata. Tô moída, pintando de 8 da manhã até 6 da tarde! Guardei o restinho das minhas forças pra vir aqui postar as fotos do durante, porque do "antes" eu acabei não tirando.
Comprei a cor da cozinha. Como sou um ser sem criatividade e fã número 1 de tons da natureza, fui com o amado verde!

Aí vai a imagem do fim do dia: