Monday, August 18, 2008

Time out

Quando eu não era mãe e via uma criança dando escândalo na rua eu pensava: "credo, criança mimada. Meu filho não vai fazer isso". Acho que a maioria das pessoas sem experiência com crianças pensa assim.

Lêdo engano!!!

O Gabe esses dias viu no supermercado um ônibus escolar de papelão e não queria sair mais de lá. Como não tinha jeito de ficar brincando com o ônibus (e olha que deixei por um tempo) ele chorou o tempo todo que fiquei dentro do supermercado. Chorou não, berrou. A Jana que estava lá comigo não me deixa mentir. O que acontece é que nessas horas não há o que fazer. Não adianta conversar, não adianta ameaçar e não adianta bater. A única coisa a fazer é ignorar e esperar chegar em casa pra se dar o devido castigo.

Criação de criança é uma arte difícil de se aprender e cada um age de um jeito. Esses dias mesmo eu estava chegando na escola do Gabe e um menino chegando também com a mãe. O menino viu o Gabe e simplesmente lhe lascou um tapa no braço. Eu achei péssimo, mas normal, afinal criança nessa idade não sabe direito o que está fazendo. O que eu achei um absurdo foi a reação da mãe que olhou pro filho e disse: "o que foi isso? Peça desculpas". O menino pediu e só. Nenhuma explicação, nenhuma consequência. Foi ali que entendi porque esse menino é tão levado.

Eu erro também, estou aprendendo a educar. E nos meus aprendizados resolvemos (eu e Kurt) que não queremos bater. Resultado:




Da dó, eu sei. Mas desde que implementamos esse cantinho pro "time out" o Gabe tem sido bem mais obediente.
Esse dia aí da foto foi um pouco depois que mamãe, Ma e Lucas foram embora. Ele olhou escada abaixo e pediu socorro: "Mananaaaaaaaaaaa"!!!!!

2 comments:

Mariana said...

Devo explicar aqui o socorro que ele me pedia... Meu quarto (sim, é meu mas eu empresto pra quem quiser passear na casa da minha irmã) fica lá em baixo e o Gabe muito esperto me chamava quando estava de "time out" porque sabia que eu ia! Como também sou mãe, não o tirava de lá, ficava com o coração partido, mas sabia que era pro bem dele...

Camila said...

o gente q dó! mas vc tá certa prima. todo esses programas aí tipo "super nanny" (que eu sempre vejo!), há sempre um cantinho assim pra criança!
to adorando seu blog!
bjsss