Wednesday, December 10, 2008

Ahhhh se eu soubesse...

Quando a gente está no colégio o objetivo é passar de ano. No meu caso, não importava a nota, o que importava era passar. Passei em 3 dos 4 vestibulares que fiz, o que pra mim foi um sucesso.
Na faculdade me importava um pouco mais em tirar notas melhores, não queria ser uma aluna mediana. A média era 60% e meu objetivo era pelo menos 70%. Na faculdade toda acho que só não consegui isso em 2 matérias.
Bom né??!!!
Não! Vai saber o que o futuro nos reserva.
Aqui, pra se entrar numa faculdade boa, de nome, você tem que ter notas ótimas. E não é só isso não. Tem que ter honras, certificados, cartas de sei lá o que, trabalho voluntário, participação em clubes de boas causas, etc, etc, etc. Tudo isso conta.
Tava vendo hoje o formulário de inscrição de uma facul e tem um campo enorme onde você tem que listar tudo o que eu disse acima. Fala mais ou menos assim.
Liste honras acadêmicas e prêmios recebidos. Minha resposta XXXXXXXXX (nothing, zero, nada, formei sem honra nenhuma, mesmo porque a FUMEC não tinha isso)
Liste em ordem de importância pra você experiências extracurriculares. Inclua clubes ou organizações, voluntariado, etc.: ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, pra esse eu tenho a resposta na ponta da língua:


olha seu moço, em relaçao a clubes, frequentei por muito tempo o Olímpico Clube. Eu ia pra lá forçada pela minha mãe e pai, mas chegava lá eu até que gostava. Jogava vôlei, nadava, paquerava, ou seja, várias atividades. No segundo grau eu já tava mais velha, né, então meus pais não me obrigavam mais. Parei de ir e posso dizer que comecei a frequentar outros "clubs", sabe como? Mais propriamente dizendo "night clubs", tais como, ich, mudava tanto de nome que nem lembro mais. Lembro da "Na Sala", mas lá só tinha gente metida. Gostei das noites com os "gordin" no Café Cancun. Frequentei!
Quanto a atividade extracurricular, posso dizer que em primeiro grau de importância estavam sempre os carnavais fora de época. Comecei no "Micaronte" (ui, tempo bom moço!), Carnabelô, Carnabelô Contagiante, quanta atividade! E vou lhe confessar uma coisa, não conte a ninguém. Fiz MUITA caridade em minhas atividades extracurriculares. O que eu beijei de homem feio...... hummmmmmmmmm não tá no gibi! Caridade pura (acho que mereço vários pontos por essa!).
Já de voluntariado não tenho muito a dizer, tava sempre muito ocupada. Trabalhar e estudar não era fácil. Voluntariei algumas vezes lá em casa pra lavar as louças. Sei que vou perder pontos nesse quesito, mas realmente odeio trabalhos de casa.
Na facul tbém eu fui algumas vezes aos jogos jurídicos, isso deve contar muito ponto né?. Em uma das vezes fui artilheira do nosso time de futebol, marquei uns 3 gols, mas perdemos na final por uns 9 x 0. Seu moço, são tantas atividades e honras que nem dá pra escrever aqui. Nem cabe.

E então, vocês acham que entro nessa facul???

6 comments:

Jana said...

Mas vai ser criativa assim la longeeeeeee!!! So por ter beijado tanto homem feio assim, eu acho que voce devia era ir direto para o ceu!!! E que o digo o senhor cor de rosa, que nem era tao feio assim, mas era cor de rosa!!

Mariana said...

Você não tem vergonha na fuça.... Mas esse povo não sabe que todas essas atividades nos dão muito mais vivência do que quaisquer honras, certificados e etc...!!! Avisa pra eles que nas micaretas a gente também aprende a costurar, acertando o Abadá pra ficar bem biiiiita; que nos clubs a gente aprende a se safar de vários problemas, como do tipo "se livrar de caras inconvenientes"; que a gente aprende a aproveitar a vida como tem que ser, com muita alegria!!! Avisa pra eles que tudo isso vale mais do que qualquer título, sobretudo porque você nunca deixou suas responsabilidades de lado!!! Te amo!!!

cris said...

Uhuuu! Esse blog tá demais! Final de ano e os meliantes Lancastersianos devem estar livres perambulando pelas avenidas, dando uma folguinha para nossa autora aflorar a sua criatividade kkkkk! E bota criatividade nisso!!Adorei!!! Bjbjbjbj

tata said...

Bela, amei a mensagem! Perfeita! E que saudade dos nossos tempos de experiência, sair, ficar a toa, fofocar, trocar de abada no meio do carnabelo para pular de bloco em bloco, escutar pagode no carro da roberta, morrer de rir das bobagens que ela falava, ir em festas a fantasia...Quanta experiência! Hoje estou super experiente em fazer supermercado, cuidar da casa, fazer sentença, olha que mudança! Avisa para o pessoal da faculdade que vc ainda vai ensinar muita coisa para eles! Beijos! Saudade!

Anonymous said...

voce vai conseguir uma vaga na universidade sim!
nao vo falar de q, mas vai...

o inverno rigido realmente causa estragos na cabeca de uma pessoa.

nesse caminho, sugiro que vc mude o nome do blog... de "growing up with GAAAAABE" para "confessions of a 30 years old teenager".

passar bem
seu irmao.

Bruno said...

gentém
to adorando seu blog!
é bem objetiva essa nossa cultura hedonista... uma vez uma amiga falou de uma mudança de paradigma que a eleição do Lula poderia trazer. mas o nosso estilo é não ter estilo algum, como diz o Roberto da Matta..........
bj grd
Bruno